terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Congresso evangélico mobiliza bairro da Ribeira




Acontece nesta quinta (01/03) , às 19:30 , a abertura do 18º Congresso do Poder e Impacto do Espírito Santo na Igreja Batista Avivamento Profético (Ribeira). Entre os palestrantes na noite de abertura, o congresso contará com o pastor e articulador social Abraão Macedo. Desde que se desligou do serviço público, o pastor Abraão Macedo se dedica ao Projeto Resgatar que visa resgatar os jovens da dependência química e do crack, trazendo uma verdadeira mudança de viver.

"Viver com Jesus é maior do que qualquer outro barato", afirma o articulador social.

Informações:

(71)9279-6080 ou



pelo e-mail :

  • pretox@gmail.com

Egbe Axé abre curso de formação para terreiros



A Associação de Terreiros da Liberdade e Adjacências - Egbé Axé realiza nesta sexta (02/03) , a partir das 08:30 às 18hs , o primeiro curso de capacitação para terreiros da instituição. A abertura do evento contará com a presença de Mãe Diana ,yalorixá e presidente do Egbe Axé , do antropólogo e babalorixá Júlio Braga e da historiadora e membro do Fórum Nacional de Mulheres Negras ,Diana Costa .

PROGRAMAÇÃO

Inicio Tema Final

9:00 1 – Sociedade 9:40

(Formação do homem social, propriedade privada, pacto social)

Edmundo Junior – Estudante Filosofia UFBA

09:50 2 – Movimento Social 10:40

(organização da sociedade em grupos, as revoltas, luta de classe)

Luciane Reis – Publicitária / Instituto Mídia Étnica

10:40 3 – Lanche 10:55

11:00 4 - Liderança 12:00

(Comportamento de liderança, agente multiplicador, mostra de lideres que conquistaram objetivos)

Cristiano Freitas – Bel. Sociologia e Mestre em Educação / SINDLIMP

12:30 5 – Almoço 13:40

13:50 6 – Instituição Social 14:50

(Estatuto, ação da instituição, função dos membros)

Nilson Bahia – Presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados

14:55 7 – Verbas do Estado 15:40

(Fundos do governo, editais, contra partidas)

Lindinalva de Paula – Coord. Nac. de Políticas de Gênero / CEN

15:40 8 – Lanche 16:00

16:00 9 – Filme 17:30

17:40 10 – Encerramento 18:00

Inscrições e Informações: Egbe Associação

E-mail: egbeaxe@hotmail.com

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Desafios do Novo Marco Regulatório é tema de curso



De março a julho deste ano o Coletivo Intervozes realiza o curso “Como funciona a mídia no Brasil e os Desafios do Novo Marco Regulatório”. O curso tem por objetivo contribuir com a crítica do comportamento da mídia no Brasil. Serão socializadas informações e reflexões sobre o assunto e os participantes vão debater os desafios para uma reforma da legislação tendo em vista a democratização do setor. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até o dia 27 de fevereiro pela internet, no endereço www.intervozes.org.br/cursos.

Dentro dos módulos, serão abordados a discussão conceitual sobre liberdade de expressão, regulação e censura; como foram formados os oligopólios de mídia no Brasil e como eles mantêm seu poder até hoje; como está o debate sobre a criação de uma nova legislação para o país, entre outros temas. A programação completa, com ementa dos módulos, cronograma e nomes dos conferencistas/facilitadores pode ser conferida clicando aqui.

Metodologia e carga horária

O curso será a distância, com carga horária de 150 horas/aula e seis módulos de estudo. A cada módulo, os conferencistas vão realizar uma aula presencial para os alunos daquela cidade, que será transmitida pela internet para os demais. Textos e materiais de apoio ficarão disponíveis em um ambiente virtual, que também contará com um chat e com aplicações de trocas de mensagens para que o conteúdo seja debatido.

Ao final do curso o participante vai ganhar um certificado, desde que o aprovado no trabalho final. Este consistirá na redação de um artigo acadêmico de no mínimo 15 páginas sobre um tema abordado durante o curso ou em um produto audiovisual ou escrito de dedicação equivalente, acompanhado de um relatório escrito.

Valor

O valor total do curso será de R$ 450, que poderá ser parcelado em até quatro vezes ou R$ 405 em parcela única. O pagamento poderá ser feito via transferência ou boleto bancário.

Bolsas para militantes de movimentos sociais

Serão disponibilizadas 20 bolsas integrais para militantes de movimentos sociais. Os pleitos devem ser feitos até o dia 23 de fevereiro pelo e-mail cursos@intervozes.org.br com uma apresentação do candidato, uma carta de interesse e uma carta da entidade onde atua. A seleção dos bolsistas priorizar os seguintes critérios: (1) máximo de até duas pessoas por organização, (2) pelo menos 50% de mulheres, (3) pelo menos 50% de negros ou pardos, (4) pelo menos 50% para entidades com atuação na região Nordeste ou Norte.


Mais informações: intervozes.org.br/cursos, (11) 3877.0824 ou cursos@intervozes.org.br

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Observatório da Discriminação Racial chega a 7ª edição



Acontece nesta quinta-feira (16), às 17h, no estacionamento da ladeira de São Bento, a abertura oficial do Observatório da Discriminação Racial, da Violência contra Mulher e LGBT que é uma ação da Prefeitura Municipal do Salvador, através da Secretaria Municipal da Reparação - SEMUR, com objetivo de prevenir atos de discriminação e violência durante a festa de carnaval e indicar subsídios na elaboração de políticas públicas para enfrentar o racismo, sexismo e homofobia.

As ações afirmativas do Observatório da Discriminação foram iniciadas em 2006 e completa em 2012, sete anos de prestação de serviços à população na capital baiana. Nesta edição, além dos postos de São Bento, Lapa, Ondina, Largo dos Aflitos e Pelourinho, a Semur ampliou seus postos com a inclusão de mais um ponto de atendimento na Avenida Oceânica para facilitar a efetivação de denúncias por parte das vítimas de discriminação e violência no circuito Dodô.


A 7ª edição do Observatório da Discriminação Racial vai contar com a participação de universitários, que através de um convênio de cooperação técnica firmado com a Universidade Estadual da Bahia (UNEB) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA), serão observadores sociais. Esta ação tem como finalidade atender a uma demanda da gestão que é potencializar a atuação do Observatório na prevenção e enfrentamento das desigualdades, durante a festa de Carnaval.


HISTÓRICO

A Secretaria Municipal da Reparação (SEMUR), iniciou em 2005 suas observações com a ajuda de um grupo de trabalho, formado por funcionários, que acompanharam diariamente as condições, as situações e quais os espaços ocupados pela população negra no período de Carnaval. Devido a falta de transparência durante a maior festa de rua do planeta, em que era intitulada de festa democrática, o Movimento Negro decidiu ir às ruas para verificar de perto a real situação dos negros e negras durante o Carnaval de Salvador e ficou constatada distorções e diversas formas de discriminações sofridas pela população negra.

Devido às constatações, em 2006, foi lançado o Observatório da Discriminação Racial. Foram registradas 128 ações de discriminação racial e ficou explícita a vulnerabilidade social das mulheres.

No ano seguinte, em 2007, o Observatório ampliou sua ação, transformando-se no Observatório da Discriminação Racial e da violência contra a Mulher. Com esta inclusão, a Semur firmou parceria com a Superintendência de Políticas para Mulheres (SPM), por sua experiência na questão de gênero e o número de ocorrências subiu para 422 registros. Estes temas permaneceram durante as edições de 2008, que registrou 55 ocorrências e também em 2009, que registrou 174 casos.

Devido às reivindicações apresentadas pelo movimento LGBT, que alegaram vulnerabilidade social durante o carnaval, em 2010, o Observatório ampliou suas observações, incluíndo o foco de homofobia. Com esta ampliação foram registradas 907 ocorrências.

E em 2011, mantendo os focos de ações racistas, sexistas e homofóbicas foram registrados 350 casos entre ações violentas e/ou discriminatórias.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Adriana Ferreira

DRT (2969)

(71) 8775-4971

(71) 9968-7478

Camilla França

DRT (3041)

(71) 8717-7607

(71) 9205-5102

Patrícia Bernardes

(71) 8833-0589

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Conselho da Mulher inicia atividades no Carnaval 2012


O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher em Salvador (Cmm) em parceria com Superintendência de Políticas para Mulheres (Spm) e a Secretaria Municipal da Reparação (Semur) realiza mais um ano de campanha de empoderamento das mulheres durante o Carnaval 2012 da capital baiana. Segundo a gestora do Cmm ,Célia Sacramento, as atividades realizadas pelas conselheiras durante a festa momesca terá um foco especial este ano. A intenção é registrar ,durante os defiles dos blocos de trio , as músicas que afetam diretamente a auto estima da mulher em suas composições.

Release

Com o objetivo de prevenir e combater as discriminações e desigualdades em especial de gênero, raça e orientação/identidade sexual nos circuitos do Carnaval de Salvador, o Shopping Piedade receberá a partir desta quarta feira 8 até o dia 13 de fevereiro, a 7ª edição do Observatório da Discriminação Racial da Violência contra a Mulher e LGBTTTs do Carnaval de Salvador.

Em 2011, o relatório do Observatório do Carnaval de Salvador apresentou um total de 350 ocorrências/denúncias. Destes, 204 registros para casos de racismo, 91 denúncias de agressão à mulher, e 55 ocorrências contra LGBTTTs. O relatório apresentou ainda uma avaliação por circuito e diagnosticou que o tradicional circuito Osmar apresentou maior número de registros. No carnaval do ano passado foram registradas no circuito Dodô (Barra/ Ondina) 112 ocorrências e no circuito Osmar (Campo Grande) 238.

O Observatório da Discriminação e Violência estará disponível no Shopping Piedade de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h e sábado, das 9h às 20h.


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Clara Nunes é homenageada em bloco de Salvador


O Bloco Alerta Geral traz para o Carnaval 2012 , além das vozes já consagradas de Dudu Nobre,Arlindo Cruz e o Grupo Fora da Mídia , a homenagem a cantora "Clara Nunes" feita por Ana Mammetto (Banda Mammetto). Linda e graciosa ela é...Vamos esperar para vê-la com samba no pé...
O que eu penso? "La Vida Es Un Carnaval" ...


Instituto Mídia Étnica tem GT no I Encontro Nacional sobre o Direito à Comunicação, em Recife



Entre os dias 09 e 11 de fevereiro, a equipe do Instituto Mídia Étnica e Correio Nagô estará em Recife, participando do I Encontro Nacional sobre o Direito à Comunicação (http://endc.org.br/). O encontro, que acontecerá na Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), reunirá comunicadores comunitários, pesquisadores, professores, estudantes, representantes de ONGs, grupos da juventude, movimentos sociais e associações de classe, para discutir a liberdade de expressão e a comunicação como um direito humano.

Debates e GTs – A abertura será no dia 09, às 19h, com uma mesa redonda reunindo o jornalista Ivan Moraes Filho, do Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF), e a professora Adriana Grego (UNICAP). Durante todo o dia 10, os debates vão girar em torno de temas como: comunicação comunitária e independente, políticas da comunicação, audiovisual, marketing, entre outros.

No sábado, 11, haverá uma série de oficinas, das 09 às 12h, abordando temas como leitura crítica da mídia, juventude, gênero e mídias digitais. O Grupo de Trabalho Mídia e Etnia será coordenado pelo Instituto Mídia Étnica, com troca de ideias e experiências no acompanhamento do debate entre mídia e as relações étnico-raciais. Entre os temas em foco, estará o Portal Correio Nagô, comunidade colaborativa que tem permitido a troca de informações e opiniões acerca de temas de interesse da comunidade negra brasileira.

Após o GT, os membros do Instituto Mídia Étnica participam de um bate papo informal com os associados do Portal Correio Nagô presentes no I Encontro Nacional sobre o Direito à Comunicação. Enderson Araújo do grupo Mídia Periférica também marcará presença em Recife, representando a comunicação produzida pela juventude negra das periferias baianas.

I Encontro Nacional sobre o Direito à Comunicação

Dias 9, 10 e 11 de fevereiro de 2012, na Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), na cidade de Recife.

GT Mídia e Etnia - Coordenado pelo Instituto Mídia Étnica/Correio Nagô

Data: 11/02/2012, das 09 às 12h

Contatos: ilkadc@hotmail.com e alosah@gmail.com / 71 8870-5804 / 9205-5179

Inscrições e mais informações sobre o encontro:

http://endc.org.br/

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Campanha visa igualdade de direitos em Salvador

Pronatec abre vagas em Salvador



Se você tem entre 18 e 59 anos, está inserido num dos programas de transferência de renda do governo federal, como o Bolsa Família, tem pelo menos o ensino fundamental incompleto e está em busca de qualificação profissional,caneta e papel nas mãos.

Começam no próximo dia 1º as pré-matrículas para a primeira etapa dos cursos gratuitos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em Salvador. São 2.760 vagas nas mais diversas áreas, sendo 1.410 no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia - Ifba (antigo Cefet), 880 no Senai e 470 no Senac.

Ao longo de 2012, esse número subirá para 4.680 vagas. As pré-matrículas para essa primeira etapa serão realizadas entre 1º e 15 de fevereiro nos postos da Coordenadoria de Regulação e Avaliação (CRAS), Simm, Casa do Trabalhador e no NAJ da Baixa dos Sapateiros, das 8h às 12h e de 13h às 17h. É necessário levar RG, CPF, comprovantes de residência e de escolaridade e o Número de Inscrição Social (NIS). As aulas estão previstas para começar no dia 5 de março. O aluno terá direito a uma assistência estudantil, que inclui auxílio deslocamento, calculado com base na carga horária do treinamento.

Senai

Vagas: 880
Cursos: 13, entre eles caldeireiro, modelista e carpinteiro
Mais informações: 3534-8090

Senac
Vagas: 470
Cursos: 13, entre eles cuidador de idoso, vendedor e garçom
Mais informações: 3186-4000

Ifba

Vagas: 1.410
Cursos: 47, entre eles pintor de obras, recepcionista e gesseiro
Mais informações: www.ifba.edu.br