terça-feira, 31 de agosto de 2010

Sustentabilidade Reciclável para afrodescendentes é vista como solução em Salvador

Nesta segunda- feira (30) no Auditório Desenbahia a Gestora Ana Vieira ( Chefe da Ascom / Limpurb)esteve presente no Feedback 4 a convite da Secretaria de Ciência,Tecnologia e Inovação (SECTI).Na ocasião a gestora concedeu uma vídeo /entrevista e falou da importância das Cooperativas de Resíduo Sólidos para Afrodescendentes em situação de miserabilidade em Salvador.

A vídeo/entrevista tem afirmativas sérias para acompanhamento de Ongs e formadores de opinião da nossa Sociedade Civil Organizada.

A questão dos resíduos sólidos deixados em reservatórios em na cidade de Salvador é de administração da Limpurb. Assim como a coleta é de responsabilidade das mesmas,está sendo feita em parceria com Construtoras da cidade o acompanhamento do reaproveitamento deste resíduo para a concretagem de construções posteriores no mesmo local de origem.Esta técnica está sendo aplicada,segundo a Ana, tanto na construção da Nova Fonte Nova como no Parque Tecnológico da Bahia - Paralela.

O assunto é polêmico quando pensamos em coleta seletiva pois , segundo Ana Vieira , o número de cooperativas lideradas por homens e mulheres de origem negra têm crescido em Salvador ao longo da evolução urbana da cidade. As Comunidades Entorno do Parque tem solicitado da Prefeitura e do Governo do Estado uma maior atenção para as famílias em situação de miserabilidade para que questões de sobrevivência urgente sejam absorvidas pelo repasse de verbas de financiamento destas mesmas cooperativas de reciclagem.

Vale lembrar que em 02.08.2010 foram liberados pelo Governo Federal através do Ministério do Meio Ambiente cerca de R$1,5 bilhões para Projetos e Financiamentos para cooperativas de catadores no Brasil.


* Texto Patrícia Bernardes

Nenhum comentário: