sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Seppir retirado do debate da "Banda Larga"


O Diário Oficial da União publicou hoje os titulares e suplentes do Comitê Gestor do Programa de Inclusão Digital (CGPID), criado para definir as ações, metas e prioridades do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) e coordenar sua implantação.A Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) não foi incluída na mesa de debate sobre o assunto.

Por que a surpresa???!

Vamos pensar juntos?!

O que a regulamentação da Banda Larga no Brasil representa? O uso igualitário para a tão "chegada" informação em larga escala para os brasileiros. Até aí tudo bem...

Vamos por parte...

Tudo que diz respeito a acessibilidade aos menos favorecidos gera receita aos cofres públicos.

A Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial tem uma "pilha" de Planos de Ação para Comunidades com maioria Negra em Situação de Risco espalhados pelo Brasil.

Quem do Governo hoje quer assumir o ônus dessa conta? Ninguém... Por isso fomos e somos continuamente retirados desta grade de discussão.

A Cultura da Informação Digital no Brasil é para poucos... Negros conectados a redes sociais oferecem "perigo" na "cabeça restrita" de nossos dirigentes. Somos educados como "reparadores" de um erro chamado GENOCÍDIO ESCRAVOCRATA. O Correio Nagô é uma prova disso entre tantas outras web páginas que leva conscientização dos nossos direitos a comunidades com líderes negros atuantes.

Nossa LUTA é eterna... Nunca nos conformamos... Promovemos debates e atos de divulgação de leis de "reparação".

Se TUDO parte da EDUCAÇÃO... Acesso fácil ao conhecimento dos negros ( ou demais raças) atingi gente que se vê ainda OBRIGADO a nos tolerar.

Então é isso... Penso assim... Quanto menos acesso aos negros... mais votos dos carentes e mais motivos para ser pauta de políticos patéticos nos "palanques da vida".

Axé de Paz...

* Texto Patrícia Bernardes


Nenhum comentário: