quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Terapia Floral ... Uma Alternativa Natural !


As flores veiculam a mensagem das forças vitais da natureza. Consideradas, pelos adeptos da terapia floral, elementos de transformação e equilíbrio entre as forças vitais da natureza e do cosmo, as essências florais são utilizadas como instrumento de harmonização, funcionando como auxiliares eficazes na cura de diversos males. Sutis, essas essências transferem suas vibrações suaves, harmonizadoras, para quem se utiliza delas, levando às pessoas uma agradável sensação de conforto e bem-estar.As essências florais sintetizam os fundamentos de uma nova medicina, criada pelo dr. Bach, e tornam-se extremamente benéficas e eficazes na promoção da saúde, já que as doenças se originam, em grande parte, nas emoções mais profundas, que estão em desequilíbrio e mal resolvidas dentro de nós. A Terapia com Florais de Bach è maravilhosa, pioneira, mas, são flores inglesas. Eu, particularmente, prefiro utilizar flores brasileiras, pois elas estão no mesmo padrão vibracional do lugar em que vivemos, e com isso consigo sentir uma resposta muito mais profunda e imediata.

A terapia Floral ajuda a prevenir e a harmonizar diversas disfunções, como:

• Estresse
•Insônia
• Menopausa
• Medo
• Agressividade
• Raiva
• Traumas
• Pânico
• Bloqueios
• Depressão
• Solidão
• Rejeição
• Obesidade
• Impaciência
• Ansiedade
• Ciúmes
• Inveja
• Desânimo
• Irritabilidade
• Durante e Pós Gravidez
• Distúrbios da 3ª Idade
• Distúrbios da Sexualidade
• Problemas Respiratórios
• Início da dentição
• TPM (Tensão pré-menstrual)
• Vícios em geral
• Falta de Concentração
• Aceleração de processos de cura (coadjuvante nos tratamentos alopáticos).

Um comentário:

Farmacia disse...

Patricia:

Vi que você se interessa por Florais. Aqui em Salvador será realizado um curso nos dias 17 e 18 de abril e 14 e 15 de maio. No dia 16 de abril acontecerá uma palestra gratuita sobre Florais no Salvador Shopping, no auditório que fica no L2, proximo a loja Renner.Mais informações pelo tel 3270-3881.
Ats,
Elizabete Sarno