quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Receita de Ernest Hemingway para escrever bem


Eis as cinco dicas de Ernest Hemingway:

1. Use frases curtas

Ele já foi desafiado a contar uma história completa usando apenas seis palavras. Conseguiu:

"For sale: baby shoes, never used." (Em português são sete: "À venda: sapatos de bebês, nunca usados.")

2. Comece com parágrafos curtos

3. Use um inglês [português, no nosso caso] vigoroso

(forte, com intenção, paixão, foco)

4. Seja positivo, não negativo

Não exatamente no sentido "alegre" da palavra positivo. O que ele quer dizer é que dizer uma coisa por meio de seu oposto faz com que o leitor tenha que dar voltas para entender o que você realmente quer dizer. Assim, se você disser que tal coisa "não é cara", a palavra "cara" ainda vai martelar na cabeça do leitor, até ele chegar ao significado pretendido, que é "barata".

Em inglês essa dica faz ainda mais sentido, já que vários antônimos são ditos usando a palavra mais o sufixo "less". Assim, "painless" ainda tem a palavra "pain" (dor) distraindo o leitor do verdadeiro significado do texto.

5. Nunca tenha apenas quatro regras Alegre

O blogueiro que divulgou as quatro dicas de Hemingway achou que "quatro" não chamaria a atenção. Assim, buscou outro ensinamento do escritor, este confidenciado para F. Scott Fitzgerald:

"Eu escrevo uma página de obra de arte e 91 páginas de lixo. Tento pôr o lixo na lixeira".


fonte:Editora de Treinamento, Ana Estela de Sousa Pinto.

Nenhum comentário: