quarta-feira, 18 de março de 2009

Inibição do Desejo Sexual tem cura



Por Sonia Furlanetto (Psicóloga e Terapeuta Sexual )


A queda do desejo sexual ou inibição do desejo sexual pode estar relacionadas a uma série de motivos combinados. Nos quais podemos citar o desinteresse pela sua parceria fixa, relacionada aos fatores bio-psico-sociais. Sendo eles uma depressão, cansaço, estresse, inadequação sexual, ou mesmo uma disfunção sexual.
Que subdividimos em:
-primária é quando sempre aconteceu, ou seja, desde que a pessoa iniciou a sua vida sexual.
-secundária é quando a pessoa iniciou sua vida sexual bem e depois de algum período se instalou o problema.
-situacional é com determinadas pessoas, ou situações específicas.
A inibição do desejo sexual é uma problemática no cotidiano das pessoas, porque as brigas que surgem entre outros fatores influenciam diretamente, nas suas vidas. Sexo pelo prazer e não apenas para a reprodução. Entretanto algumas mulheres podem enfrentar essa inibição temporária após o nascimento de uma criança. A quebra da rotina é muito importante nesse aspecto também. O sexo é o momento lúdico de um casal, é quando ambos podem ser crianças e se descobrirem na sexualidade. A auto-erotização. O prazer pelo sexo, pelo afeto, pelo carinho, pelas sensações físicas, e não apenas pela carência de um abraço, porque o sexo é importante para um casal, aliás, eu diria fundamental, mas para que seja importante, deve existir outro movimento para isso possa ocorrer com naturalidade dentro do cotidiano. Além dos fatores que citei, é importante que o casal tenha uma comunicação adequada para que haja uma reciclagem dentro da sua relação afetiva.

Contato para consultas em Salvador - Ba : Drª. Donni Mello (071) 9958 - 1250 - Itaigara

Um comentário:

Sônia Furlanetto disse...

Obrigada por citar meu trabalho de pesquisa no seu blog, e manter os créditos....
Um abraço

Psic. Sôia Furlanetto
www.psicsoniafurlanetto.blogspot.com