segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Escola Mãe Hilda faz diferença em Salvador há 20 anos

por Patrícia Bernardes


Quem entra e sai da Senzala do Barro Preto,no Curuzu,bairro de Salvador, não avalia a dimensão dos serviços prestados a comunidade que são oferecidos pelo Bloco Afro Ilê Ayê.
Com cores vivas espalhadas pelos três andares da sede do bloco, crianças,jovens e adultos de comunidades carentes de Salvador, ganham a chamada " gota de esperança" para mudar o seu futuro.
Disponibilizando educação de 1ª à 4ª série ,a Escola Mãe Hilda ,desde 1988, caminha em prol de mudanças de "atitude" na educação das gerações futuras de cidade. Os alunos matriculados nas séries iniciais são uma história a parte. Os olhos sapecas e as vivências levadas para a sala de aula,no dia a dia do Curuzu,encanta qualquer baiano ou turista com o desejo de visitar ou patrocinar as atividades do local.

Nenhum comentário: