quinta-feira, 30 de outubro de 2008

CAMISINHA RESPONSÁVEL e dicas da hora...rs! Achei na Net!



fonte:http://mixbrasil.uol.com.br/mp/index.shtml





Veja as dicas para tornar o uso da camisinha mais bacana:
- use lubrificante a base de água. Isso você já sabia. O legal é que pode passar o gel no pênis antes de por a camisinha e depois passar sobre ele já encapado. Quem fizer o ativo vai se sentir mais livre e as sensações aumentam bem. Faça o teste. É incrível.
- Existem camisinhas com sabor para sexo oral. A de morango é a melhor.
- Se você não gostar do sabor, tudo bem. Existem camisinhas sem lubrificante a venda (em Sex Shops) com o mesmo intuito. No sexo oral o risco de contrair hiv é pequeno, mas de Hepatite B (também mortal e mais rápida) é grande.
- Num grupal, troque de camisinha cada vez que trocar de penetrante - ou de penetrador.
- Se usar um consolo - ou qualquer outro brinquedinho - use camisinha. É mais gostoso que "a seco" e protege na troca.
- Antes de penetrar ou ser penetrado, faça muitas preliminares, se excite bem e deixe seu parceiro nas alturas. Isso você deve saber fazer bem. O bacana é que além de dar mais tesão, a musculatura do ânus relaxa e abre. Dói menos e o risco de estourar sua amiga de borracha é menor.
- Se for usar dedinhos no ânus, corte as unhas, para não sangrar.
- Se não rolar camisinha mesmo, não se desespere. Use a mão com talento que eu garanto: pode ser melhor que várias transadas.

Ser VOLUNTÁRIO é ser HUMILDE!Adoro este EXERCÍCIO!

Voluntários (e meus novos amigos) do Projeto "Responsabilidade Social nos bairros - Salvador".
Já atendemos crianças,adultos e idosos do Vale das Pedrinhas,Boca do Rio, Santa Cruz,Pituba,Amaralina,etc...!
Eu,como pessoa "inquieta" que sou,confesso que estou MUITO FELIZ!
O dinheiro não me pagaria mesmo a alegria presente no rosto de uma vovó ao cortar o cabelo ou nem mesmo a gargalhada de uma criança no Teatro de Bonecos intinerante.

...não sou mais EU (Patrícia Bernardes)...sou mais uma VOLUNTÁRIA!

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Muito legal ...Carros antigos na Praça do CAMPO GRANDE


Os amantes do automobilismo vão ganhar nente fim de semana, entre sexta-feira (31) e domingo (2), no Campo Grande, uma mostra de veículos antigos como parte das atividades do IV Encontro Nordeste de Veículos Antigos. O evento, que conta com o apoio da Empresa de Turismo S/A (Emtursa), é uma promoção do Veteran Car Club do Brasil. A mostra é aberta ao público e, de acordo com os organizadores, será uma oportunidade para que os amantes do automobilismo e seus familiares possam ter contato com alguns veículos raros que pertencem a antigomobilistas de todo o Nordeste. São carros das mais diversas marcas e modelos, e de variadas décadas.


Um blog legal sobre o assunto gente... : http://gustavoleme.blogspot.com/





fonte:A Tarde

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

entre o AMARELO e o VERMELHO...deu ? AMARELO nas Eleições


Eleições 2008 ! SEM COMENTÁRIOS!
Novidades para 2009?
Vou mudar meu título para o Imbuí.
Eu ainda voto no meu antigo bairro...Pernambués.
Detalhes? Sol quente,confusão nas urnas,etc...

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Programa "seca gordura" para o carnaval

por Fabiana Gonçalves
Os dez mandamentos da foliã quase perfeita...


1 As intoxicações alimentares e as diarréias são comuns durante o verão, por isso tome cuidado na hora de escolher os alimentos e prefira carnes brancas, frutas, legumes e verduras frescos, não esquecendo de lavá-los bem antes do preparo;

2 Ao ingerir alimentos fora de casa, observe a higienização do local, dos utensílios, dos alimentos e do vendedor. Que tal visitar a cozinha?

3 Observe as características próprias dos produtos e, na dúvida, não consuma. Principalmente alimentos de vendedores ambulantes de itens perecíveis nas praias;

4 Coma frutas ricas em vitamina C, que são antioxidantes, auxiliam o trabalho do fígado e garantem o bronze: laranja, acerola, morango;

5 Evite jejuns prolongados. Carregue sempre uma barra de cereais na bolsa. Faça de quatro a seis refeições diárias leves;

6 Beba água filtrada, fervida ou mineral. E lembre-se: a ingestão de líquidos nessa época deve aumentar de dois litros para três ou quatro diários.

7 Dê preferência a refeições leves, como sanduíche caseiro ou salada de frutas, antes da festa. Isso evita que venha a passar mal na folia;

8 Dê preferência aos sucos naturais, no lugar de refrigerantes e bebidas alcoólicas. Se não resistir, coma petiscos leves simultaneamente e evite pular demais para não vomitar.

9 Aplique protetor diariamente, com FPS adequado à sua pele. Não esqueça do protetor labial, 30 minutos antes de sair de casa.

10 Use óculos escuros de boa qualidade, especialmente os que bloqueiam as radiações UV, para prevenir doenças oculares.

"Caretas" que valem por uma plástica

O que arregalar as sobrancelhas, mandar beijinho, apertar os olhos e armar um sorriso tem a ver com a sua beleza? Muita coisa! Exercitar os músculos faciais (apenas cinco minutinhos por dia) é a maneira mais natural de prolongar a sua juventude e uma ótima pedida para fugir dos excessos de botox e preenchimentos.


*ELIMINE O QUEIXO DUPLO Pressione a língua no céu da boca até sentir a região do queixo um pouco rígida. Com os dedos indicador e médio dobrados, empurre a pele dessa área para o lado. Troque de mão e repita para o outro lado. Faça 20 vezes para cada lado.




* SUAVIZE AS RUGAS DA BOCA Coloque o dedo na base do nariz e, com concentração, tente alargar as narinas. Para isso, você deve sentir o nariz levemente franzido e a parte de cima da boca levantada. Faça 10 vezes.




* LEVANTE OS CANTOS DA BOCA Com o polegar por dentro da boca e o indicador por fora, faça uma massagem do canto da boca até o biquinho. O movimento é de pequenas torcidinhas de baixo para cima. Repita 3 vezes para cada lado.


* APAGUE AS RUGAS DA TESTA E DA ÁREA AO REDOR DOS OLHOS a. Arregale as sobrancelhas, abrindo bem os olhos até que apareça a parte branca do olho acima da íris.




* TIRE A MARCA DE PREOCUPAÇÃO DA TESTA a. Pressione o dedo no ponto que fica entre as sobrancelhas, fazendo um movimento circular no sentido horário sem tirar o dedo do lugar. Dê 10 voltas .




*FIRME A MAÇÃ DO ROSTO Sorria e, com os dedos indicadores, force um pouco os cantos da boca para cima. Conte até três e solte. Faça 3 vezes.




*AUMENTE OS LÁBIOS a. Umedeça os lábios com a língua e friccione o superior no inferior (como se estivesse espalhando o batom) por cinco segundos.




fonte: por Débora Lublinski.


Dieta da Cesta Básica




Café-da-manhã
Opção 1 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado e adoçante1 pão francês sem miolo na chapa com 1 col. (sopa) rasa de margarina.Opção 2 1 xíc. (café) de café com adoçante3 biscoitos cream cracker1 col. (sopa) rasa de requeijão1 fatia fina de mamão.Opção 3 1 xíc. (chá) de cereal matinal sem açúcar (tipo Corn Flakes) 1 xíc. (chá) de leite desnatado gelado½ banana-prata cortada em rodelas.Opção 4 1 copo (250 ml) de suco de maracujá com adoçante2 fatias de pão de fôrma light1 fatia fina de queijo1 fatia fina de presunto. Opção 5 1 copo (250 ml) de suco de abacaxi com adoçante1 fatia de pão integral com margarina1 ovo (frito em água ou mexido)½ papaia .
Lanche da manhã
Opção 1 1 mexerica. Opção 21 barrinha de cereais light .Opção 31 goiaba.Opção 4 1 copo pequeno (200 ml) de suco de laranja.Opção 5 1 pote (200 ml) de iogurte natural desnatado com adoçante e uma pitada de canela .
( Foto ao lado / Eu ,Patrícia, em Dezembro de 2007 _com 125 kg.)
Almoço
Opção 1 1 prato (sobremesa) de salada de alface, tomate, cenoura ralada (tempero: molho light pronto)2 col. (sopa) de arroz2 col. (sopa) de feijão3 col. (sopa) de carne moída 4 col. (sopa) de jardineira de legumes (cenoura, ervilha, mandioquinha, chuchu).Opção 2 1 prato (sobremesa) de salada de alface, tomate, pepino e cenoura ralada com 1 col. (sopa) de azeite e sal1 sobrecoxa de frango assado 1 quadrado de polenta coberta com molho de tomate .Opção 3 3 col. (sopa) de carne ensopada com cenoura e ervilha2 col. (sopa) de arroz 2 col. (sopa) de feijão1 prato (sobremesa) de salada de berinjela com cenoura, tomate e pimentão refogadas com pouco azeite e ervas.Opção 4 2 col. (sopa) de arroz1 posta (180 g) de peixe refogado com tomate, cebola e pimentão1 xíc. (chá) de brócolis cozida no vapor com sal1 ovo cozido.Opção 5 1 prato (sobremesa) de salada de folhas com 1 tomate e 1 col. (sopa) de beterraba ralada (tempero: limão, sal e mostarda)3 almôndegas2 col. (sopa) purê de batata 4 col. (sopa) de cenoura, chuchu e repolho refogados
Lanche da tarde
Opção 1 1 xíc. (café) de café1 chocolate pequeno (15 gramas, tipo Batom)Opção 2 1 copo (250 ml) de chá gelado diet1 fatia fina de queijo branco1 fatia pequena de goiabadaOpção 3 1 fatia fina de abacaxi 4 biscoitos de maisenaOpção 4 1 fatia pequena de bolo simples1 xíc. (chá) de chá quente com adoçanteOpção 5 1 banana amassada com 1 col. (sobremesa) de mel e 1 col. (sobremesa) de aveia
Jantar
Opção 1 2 salsichas cozidas com molho de tomate2 col. (sopa) de purê de batata4 col. (sopa) de jardineira de legumes (cenoura, ervilha, mandioquinha, chuchu) refogados com 1 col. (sobremesa) de margarina light.Opção 2 2 pratos de sopa de pacote (tipo sopão pronto) + cubos de cenoura (ou abóbora) e de frango (ou músculo).Opção 3½ peito de frango assado (ou 1 filé de frango/150 g)½ espiga de milho cozido1 caneca de sopa de pacote.Opção 4 1 prato (sobremesa) de salada de alface, tomate, beterraba ralada (tempero: 2 col. de sopa de abacaxi em cubos e molho shoyu light)2 col. (sopa) de arroz com bastante cenoura1 filé de carne vermelha grelhada1 ovo frito em pouco óleo .Opção 5 1 copo (250 ml) de suco de caju com adoçante1 sanduíche de pão francês sem miolo com 3 col. (sopa) de carne moída + alface + 1 tomate + 1 col. (sopa) de maionese
CEIA
Opção 1 1 iogurte light Opção 2 1 xíc. (chá) de leite desnatado com canela Opção 3 1 laranjaOpção 4 1 taça de pudim ou flan light Opção 5 1 gelatina diet com pedacinhos de 1 maçã pequena
Dica Cultural:Mauricio Mira


Oi pessoal,
hj, amanhã e domingo acontecerá a peça "O Amanhã". Uma peça evangelistica, excelente extratégia para evangelizar aquele amigo, amiga ou familiar.
E o melhor é que toda renda será revertida para o projeto social VIVER (Igreja Batista da Pituba), que atua nas áreas jurídica, médica, odontológica, estética e por aí vai!!!!
Será no teatro SESC da Casa do Comércio, na Av. Tancredo Neves no Iguatemi, apenas R$ 10,00!!!!
Venha e traga mais gente e divulgue tb!! Sexta dia 24/10/2008 – 20hsSábado dia 25/10/2008 – 19hsDomingo dia 26/10/2008 – 18hs e 20hs
Informações: 9151-3898 ou 8829-6797
Abs,
Maurício

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Cursos profissionalizantes acompanham o "Boom" do crescimento gastronômico na Bahia ?

por Patrícia Sousa

Ao caminhar pelos stands do "Bahia Gourmet -Salvador" na área de convivência do Iguatemi-- montado com bom gosto e requinte pela equipe "Licia Fabio,ao lado do Play Center- deu para sentir que "tentamos" mais ainda não chegamos.
A visão do turismo na Bahia ainda está muito focada a imagem da "baiana de acarajé,fitas do bonfim e negros sorrindo e servindo mesas".
Stands repletos de empresários e , ao mesmo tempo, degustadores do que lhe era servido, demonstrava com clareza a nossa ausência no quesito CAPACITAÇÃO & HUMANIZAÇÃO de serviços prestados ao Turismo na Bahia.
Vinhos,cafés,queijos,doces,revistas especializadas se misturavam aos estudantes de gastronomia do SENAC que saiam "suando" com as bandejas para servir os que estavam ali presentes. Eu , uma "foca" do Jornalismo, só observava.
Estamos preparados ou não? Nunca estivemos. Saímos da "cultura carlista" de vender a Bahia somente para turistas sem ao menos ensinarmos a quem os iria servir. Jovens de 15 a 25 anos são convocados para seleções de emprego na alta estação e COBRADOS duramente quanto a sua 2ª língua, quando nem ao menos sabem falar seu próprio idioma.São ALARMADOS quanto as gorjetas e as palavras direcionadas aos clientes como "ESCRAVOS DAS ANTIGAS SENZALAS".
Estou sendo dura? Não. Muitos destes jovens que trabalham em eventos como estes ou são contratados por redes de hotéis da Bahia , não sabem nem o que estam servindo às mesas. No máximo são instruídos a não demorar para voltar ao balcão para pegar o próximo pedido e AINDA não derramar ou deixar cair no chão do local.
Te pergunto: "Licia Fabio está errada em promover estes encontros?Não. é uma forma sutil que ela encontrou para REUNIR E ALERTAR os empresários baianos para o que servimos e a nossa mão de obra.
Um sergipana exigente e que veio "de baixo" vai GRITAR com alguém? Ela é esperta.

Adriano Miolo trouxe sua fábrica para Juazeiro. E agora?


Miolo Wine Group, um dos grandes fabricantes gaúchos se alia a Fazenda Ouro Verde


A fábrica está localizada a 50Km de Juazeiro, no município de Casa Nova, e responde por cerca de 20% dos negócios do grupo. Este ano, a produção deve chegar a 3 milhões de litros, contra 1,8 mil produzidos em 2006. “Em todo o País, crescemos mais de 50% este ano, em relação a 2006. E nosso aumento na produção de vinhos no Nordeste ficou entre 40 e 50%”, explicou Carlos Roberto Matos, gerente da Fazenda Ouro Verde.Os vinhos Terra Nova são exportados para mais de 10 países, entres eles, Estados Unidos, Alemanha, Dinamarca, Chile e Itália, representando 10% de tudo o que a Fazenda Ouro Verde produz anualmente.

O Vale do São Francisco produz cerca de 8 milhões de litros por ano. São sete fazendas, sendo a região considerada o segundo pólo vinícola do Brasil.

Os roteiros incluem city-tour na cidade de Juazeiro e visita à Barragem do Sobradinho, para ver de perto o segundo maior lago artificial do mundo e a eclusagem, uma espécie de elevador, que sobe e desce em função da água que entra e sai do reservatório. No final do dia, ao pôr do sol, um passeio de barco no Velho Chico é imprescindível para apreciar o belo cenário entre o céu, a terra e o rio. Fazer trilhas na Serra do Mulato e seus sítios arqueológicos com pinturas rupestres, visitar a Bio Fábrica da Moscamed (desenvolvida em laboratório para o combate a pragas da fruticultura) e ainda as fazendas irrigadas e produtoras de frutas orgânicas, também integram os roteiros para quem vai ficar mais tempo na região.


fonte:Departamento de Comunicação da Bahiatursa



Vinho,material humano,recursos e mercado de trabalho

por Patrícia Sousa



O interessante de tudo isso - da inauguração da fábrica e seu projeto turístico- foi assistir pela TV Educativa os devaneios de Fátima Mendonça (Voluntárias Sociais). Uma pessoa que deveria estar melhor focada na prestação de serviço prestado pelo sua instituição, parecia mais uma "perua deslumbrada".

Ao ser questionada pela repórter do Programa Passaporte sobre quais as contribuições da Miolo em Juazeiro para o mercado de trabalho, Fátima respondeu:

- " Imagine querida um pier as margens do Rio São Francisco lotado de turistas tomando o nosso vinho?Não é chique como em Veneza?"


Eu, uma "foca" no Jornalismo , me perguntei:

" Os recursos serão só para nossos jovens servirem como garçons e serviços gerais às grandes redes de hotelaria já de olho neste empreendimento?"

Estamos de fato a passos laaaaaaaaaaaargosssssssssssssssssss do verdadeiro sentido do Turismo Ecológico e seus serviços.O governo mal oferece recursos para este tipo de serviço prestado na Bahia. Quando não, o SESC e o SENAC "adestram" os jovens para não quebrar copos próximos a mesa dos "estrangeiros" que eles nem mesmo tem a oportunidade ,através de cursos voltados a culturas diversas, de saber o que eles estam servindo. No máximo, uma "meia dúzia " de palavras em inglês lhe é ensinada para copiar os pedidos e direcioná-los a cozinha do Hotel que trabalha.

A escravidão acabou ou não te pareceu que ainda estamos servindo as mesas da "Casa Grande"?



terça-feira, 21 de outubro de 2008


Workshop com o Grupo Cena 11- Cia de Dança!


Dica Cultural de Ilma Nascimento


Oi pessoal!


Estão abertas as inscrições para as oficinas do Festival Internacional de Artes Cênicas (FIAC) que vai de 24 a 31 de outubro aqui em Salvador.
Workshop Percepção Física – Ministrantes: Alejandro Ahmed e Mariana Romagnani – Grupo Cena 11 – Cia de Da nça (Santa Catarina)
Para os dançarinos teremos na programação um workshop inteiramente grátis com o Grupo Cena 11- Cia de Dança (SC).
As inscrições ocorrem até o dia 22 de outubro, quarta feira. E podem ser feitas · Pela Internet através do site http://www.fiacbahia.com.br/ ou pelo email oficinas@fiacbahia.com.br
· Na sede do Fiac-BA - Rua das Laranjeiras, n° 12, Pelourinho – Salvador – Bahia, de 14 as 19h. · Teatro Espaço Xisto Bahia, Rua General Labatut (ao lado da Biblioteca Central) - Barris, Salvador. De 10 as 18 h. · Teatro da Cidade do Saber - Rua do Telégrafo - S/N - Natal - Camaçari – BA. De 14 as 18h

Data: 29 de outubro (quarta).

Local: Teatro Castro Alves – Sala do BTCA

Horário: 11h às 14h.

Carga horária: 3h.

Participantes: 20 pessoas.

Público Alvo: Bailarinos Profissionais.



Brinquedista são recrutados na Boca do Rio



A Pastoral da Criança recruta "brinquedistas " para atividades com crianças na comunidade da Boca do Rio. O projeto é desenvolvido na Paróquia Nossa Senhora Conceição Aparecida. Os interessados em ser voluntários e participar do curso preparatório, deverão entrar em contato pelo telefone: (71) 3371-1205.
É um curso teórico-prático de formação do educador na perspectiva lúdica, qualificando-o a desenvolver atividades lúdicas na brinquedoteca, nos centros comunitários, nas associações de bairro, em sala de aula, etc., através de jogos, brincadeiras e construção de brinquedos, com crianças, jovens e adultos. Atividade integrante do Programa de Extensão da Pastoral da Criança. "Quem quer brincar?"
"Quem quer brincar?" (ao qual o curso ora proposto se vincula) desenvolve várias atividades: palestras, oficinas lúdicas, grupos de estudo, empréstimo de brinquedos, jogos e materiais pedagógicos do acervo, sessões lúdicas e orientação à criação e manutenção de espaços lúdicos (especialmente brinquedotecas).O curso de brinquedista é proposto para preencher esta lacuna, oferecendo aos educadores em geral a oportunidade de construir, aprofundar e sistematizar conhecimentos na área da Ludicidade e Educação de forma teórico-prática.
Objetivos:
*Construir, aprofundar e sistematizar conhecimentos na área da Ludicidade e Educação de forma teórico-prática.
*Qualificar os educadores para o exercício de suas atividades pedagógicas na perspectiva lúdica com crianças maiores, jovens e adultos em brinquedotecas, associações comunitárias, parques e praças, sala de aula, etc.
*Contribuir para a formação de uma consciência lúdica que valorize o lazer e a atividade lúdica na vida cotidiana, ao longo de todo o ciclo vital, reconhecendo sua inserção e importância na escola, no trabalho, nos locais públicos.
*Favorecer a tomada de consciência do papel definitivo da atividade lúdica na inclusão social, como forma de assegurar a apropriação dos bens sociais por parte de toda a população, especialmente às classes populares.
Informações: Dona Iracema - Pastoral da Criança (Paróquia N.S.Aparecida - Imbuí)
Tel: 3362-8305

Projeto Força Feminina

Foto/Google


Pastoral da Mulher Marginalizada


Coordenadora: Irmã Marilda Santos de Souza


Rua Saldanha da Gama, 19 - 1º and. -


Pelourinho - 40020-220


Salvador-BA


Tel.: (71) 3322-5432 -



ASA - Ação Social Arquidiocesana



Presidente : Dom Geraldo Majella Agnelo

Vice-Presidente : Côn. José Carlos Santos Silva

Tesoureiro: Pe.João Van Den Hoven

Vice-Tesoureiro: Pe. Filip Cromheecke



Tels.: Recepção: (71) 4009-6670 Secretaria: (71) 4009-6672

Projetos: (71) 4009-6667 Comunicação: (71) 4009-6679Fax: (71) 4009-6686

Pastoral da Criança

Assistente Eclesiástico: Pe. Cristóforo Testa

Coordenadora: Maria da Conceição da Cruz

Tel.: (71) 4009-6683 -

Seminário discute cultura de comprimosso social


O Conselho Federal de Psicologia realiza Seminário Nacional Envelhecimento e Subjetividade, considerando as deliberações do VI Congresso Nacional de Psicologia, realizado em 2007, quando os psicólogos brasileiros apontaram diretrizes para atuação do Sistema Conselhos de Psicologia com relação à questão do envelhecimento no Brasil.

O evento será realizado nos dias 21 e 22 de novembro de 2008.
Inscrições: http://www.pol.org.br/

II SIMPÓSIO BAIANO DE FILOSOFIA.



Data: 21 a 23 de outubro de 2008.

Hora: Das 8h30min às 19h.

Local: Auditório da Faculdade São Bento.

Valor das inscrições: R$ 30,00 (para estudantes) e R$ 60,00 (para professores e profissionais).
Informações: www.saobento.org/eventos
Salvador - Bahia


segunda-feira, 20 de outubro de 2008


Ilê Axé Opô Afonjá: 97 anos de Cultura Africana

* eu estive lá (Patrícia Bernardes)
- entrevista dada por Mãe Stella ao site Terra Magazine.
Em 1910, na Cidade da Bahia, na distante periferia de São Gonçalo do Retiro, sob os auspícios do Senhor da Justiça, o orixá Xangô, nascia o atuante terreiro de candomblé Ilê Axé Opô Afonjá, que em português significa: Casa da Força sustentada por Xangô. Este ano o terreiro completa 97 anos de existência, prestando um inestimável serviço a favor da preservação do culto aos orixás, dentro de uma estrutura sócio-religiosa que os mais relevantes estudiosos do candomblé baiano, como o prof. Vivaldo da Costa Lima, chamaram de modelo jeje-nagô.
A cena pode se repetir em outros sábados e manhãs, nos domínios do Opô Afonjá. Brasileiros anônimos e famosos - entre estes, Jorge Amado, Dorival Caymmi, Carybé e Gilberto Gil -, encontraram em Mãe Stella a clarividência de conselheira. Há 31 anos à frente do terreiro, ela agora lança o livro de "Provérbios" (Òwe), alguns em iorubá, outros em português castiço.
Nascida em 1925, escolhida ialorixá em 1976, sua liderança religiosa marcou a história do Candomblé. Em 1983, na II Conferência Mundial da Tradição dos Orixás e Cultura, em Salvador, Stella articulou a elaboração de uma carta que rejeitava os cultos sincréticos, a submissão a outras religiões.
"Não podemos pensar nem deixar que nos pensem como folclore, seita, animismo, religião primitiva", dizia o documento, também assinado por Mãe Menininha do Gantois e Olga de Alaketo.
Candomblé não é brincadeira.Consolidada a liberdade de culto, os terreiros da Região Metropolitana de Salvador - cerca de 1.162, segundo recente mapeamento (http://www.terreiros.ceao.ufba.br/) - sofrem com as agressões das igrejas neopentecostais e com a especulação imobiliária. Mãe Stella se sentiu obrigada a murar o Opô Afonjá e a aceitar o tombamento do terreiro.
O prefeito de Salvador, João Henrique Carneiro, é evangélico praticante. Mínima simpatia pelo Candomblé. O primeiro colocado nas pesquisas eleitorais para a sucessão municipal, o apresentador da TV Record Raimundo Varela, guarda vínculos estreitos com os bispos da Universal.Segundo Mãe Stella, muitos políticos "têm receio de dizer que estão ajudando." Ela descrê na vitória dos neopentecostais.
Senhora de poucas palavras em entrevistas, ela conversa amigavelmente, sem pressa, com Terra Magazine. Está em dia de fartos, comedidos verbos, na Casa de Xangô. Comenta a publicação do livro, a história do Opô Afonjá e não se nega a falar sobre o movimento negro.
"Cotas pra mim... O negro tem obrigação, como todo o ser humano, de ser inteligente, de ir pros livros, fazer pesquisas, dar conta de seu recado direitinho. (...) Esse negócio de passar a mão na cabeça... Não há mais necessidade disso. Cada um de nós tem que ter a condição de escrever a sua própria história."


Eloá Pimentel , e aí ?


"Cada lágrima ensina-nos uma verdade."
(Ugo Foscolo )

Amigos fazem diferença?

(Eva...Bernardes,17 anos de vida,fiel em qualquer momento)



Ter amigos . Pessoas ou animais?


Amizade. Um bem precioso a ser preservadoe cultivado com muito desvelo e carinho.
Quando temos a certeza de que nas horas mais difíceis podemos contar com alguém ao nosso lado, então descobrimos averdadeira amizade e que sempre haverá umamão estendida em nossa direção.
E que estendida em nossa direção se torna talvez a nossa única salvação. Ter amigos é não estar só. Ter amigos é poder partilhar segredos, lágrimas e sorrisos.
Amizade é companheirismo, respeito, carinho e fraternidade. Feliz daquele que tem ao seu lado um verdadeiro amigo.

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Enunciação do documentário: o problema de “dar a voz ao outro”.



Autor: Francisco Elinaldo
comentado por Patrícia Sousa para sua composição de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso)





O texto tenta situar uma referência atual às realizações de Eduardo Coutinho pelas suas realizações no cenário do documentário brasileiro desde
a sua maior visilibidade na mídia em 1981 com o doc. “Cabra Marcado para Morrer”.
São feitas observações neste capítulo sobre a produção documental do autor, suas referências antropológicas, sociológicas e as críticas feitas por Eduardo no que diz respeito à representação da imagem, a impossibilidade de seguir severamente a sua expressão escrita, falada ou em sinais em um documentário.
O texto colabora com a nossa proposta de documentário por afirmar que ao dar a voz ao outro, o autor do documentário provoca um ato liberador da fala no outro. Passa a existir uma maior liberdade nos discursos presentes nos diálogos do documentário. O autor retrata que ocorre “a consciência da falta, da dívida para com o outro, a quem se acena com boa ação de restituição da fala despojada” ( pag.165). As reflexões feitas sobre as produções dos documentários de Eduardo Coutinho ( Santo Forte – 1999) e Glauber Rocha ( Terra em Transe – 1967) afirmam a existência da negociação da imagem seja ela feita de forma brusca e agressiva ou sob a ótica da doação da voz ao outro. O balanço comparativo sobre as duas produções de documentário revela que é feito um acordo entre o autor e o articulador sem que a sua identidade seja alterada. Isto fica claro quando o autor do texto afirma que “ o solo permanece intocado quando a interlocução é posta sob a ótica da doação da voz ao outro, um mero expediente de inversão em que o cineasta e personagem podem erguer pontes entre suas diferenças, assim propiciando a sua interlocução...” (pag.165)

Análise do Texto “ A dinâmica da Deontologia nas redes” - Elias Machado

por:
Centro Universitário da Bahia – FIB
Patrícia Sousa / Ética e Legislação em Jornalismo / 04.10.08

Apesar dos primeiros relatos de críticas feitas pelo próprio veículo de comunicação social só
ter sido catalogado em 1967,dentro das redações de jornais,a Deontologia no Brasil passou a ser
implantada somente no finalzinho do século XIX de forma obrigatória.
A França deu o primeiro passo em 17 de outubro de 1969 com a intenção de estabelecer leis
de imprensa para que se tivesse o controle maior dos profissionais de jornalismo. As coisas não
funcionaram bem assim. Nos Estados Unidos os primeiros conselhos de impresa só surgiram na 1ªdécada do século XX e no Brasil só em 1985.
Assegurar a informação tendo como base a veracidade do que é veiculado , não é tarefa fácil
aqui no Brasil. Se recordarmos os conceitos de memória coletiva e memória individual,iremos
verificar o duelo ético que nós,profissionais de imprensa, travamos ao longo dos anos. O que é
veiculado ,por exemplo, visto por mim,estagiária de jornalismo,vez por outra me faz sucumbir em meus princípios éticos. As noções de valores morais se afastam por completo, nas redações dos jornais e na web ,das noções de “valor notícia”. Os debates levantados entre a sociedade no que diz respeito a sua cidade, são confrontados com o “estilo editorial” dos veículos de comunicação onde definiria Leão Serva: “ A falta de compreensão do texto é provocada pela falta de argumentação da
notícia”.
Leão Serva , que estudei no 3º semestre,serve como base para que eu possa argumentar
sobre a dinâmica da deontologia nas redes. Leão, em seus artigos científicos, apresentou justamente
o que eu acredito. Como aspirante a jornalista, se faz necessário se compreender as relações e
fenômenos sociais no qual o acontecimento está inserido, para que a notícia seja levada aos
telespectadores de forma sensata e não sensacionalista como vemos atualmente.
Sendo assim, o jornalismo para mim nada mais é que um registro de uma lembrança
imediata de um acontecimento que leva para a sociedade o entendimento contextual através de
textos e vídeos. Ao longo dos anos ainda sofremos ,enquanto comunicólogos , pois temos que
enfrentar em nossos locais de trabalho o “autodidatismo” de alguns colegas, a mecanização e a
informatização das redações e a existência de argumentos constantes para a distorção do
acontecimento em prol do veículo de massa que trabalhamos.
Trocando em “miúdos”, o empasse entre a verdade absoluta dos códigos deontológicos e a
versão atual do Código de Ética dos Jornalistas não tem previsão de término.

Alerta Geral dia 18. de outubro...


Ensaios do Alerta ..Uhhuhuhuhuh!

Os MELHORES NEGÕES estam lá..rs!

Horário 15:30 hs

Valor: R$ 4.00 mulher e R$ 8.00 homem

Bloco Alerta Geral: 3329-6949

Rua Direta da Peidade , Barris.

EnterJovem discute "empregabilidade" em universidade de Salvador

Jovens de comunidades carentes se reuniram na tarde de 20 de setembro de 2008 ,no ala de convivência da FIB para reunir idéias de como seria possível reverter o desemprego dos jovens entre 15 e 24 anos na Bahia.
O evento contou com a colaboração de Claúdia Moreno e seus voluntários do Núcleo de Arte,Cultura e Extensão da FIB, além de alunos das escolas municipais e estaduais de Salvador.
Como alternativas de melhoria a estas condições, ação empreendedora faz-se necessárias para geração de empregos, renda e conseqüentemente qualidade de vida.
Sobre o tema, Schumpeter (Em Degen, 1989) afirma:
"O Empreendedor é o agente do processo de destruição criativa, é o impulso fundamental que aciona e mantém em marcha o motor capitalista, gera constantemente novos produtos, novos métodos de produção e novos mercados; revoluciona sempre a estrutura econômica, destrói sem cessar a antiga e, continuamente cria uma nova".
Jacomino (2001, p. 22) conceitua o empreendedor como:
"São profissionais inovadores, inquietos, que quebram as regras, correm atrás dos seus sonhos e sabem reconhecer as oportunidades".
Dolabela (1999) afirma que o empreendedorismo deve conduzir ao desenvolvimento econômico, gerando e distribuindo riquezas e benefícios para a sociedade. Por estar constantemente diante do novo. O empreendedor evolui através de um processo iterativo de tentativa e erro, avança em virtude das descobertas que faz, as quais podem se referir a uma infinidade de elementos, como novas oportunidades, novas formas de comercialização, de gestão entre outros.
A forma de empreender através de pequenas empresas foi primeiro percebida pela Inglaterra, que começou a estudar a importância de pequena empresa no pós-guerra, na década de 1920.Em recente pesquisa internacional sobre empreendedorismo, durante o ano de 2000. chegou -se a conclusão de que o Brasil é o País que apresenta a maior percentagem de empreendedores.(Revista Exame, ed. 734 de 21 de fevereiro de 2001, p.18).


Fonte: *DOLABELA, Fernando.Oficina do empreendedor, a metodologia de ensino que ajuda a transformar conhecimento em riqueza.São Paulo: Cultura, 1999.
*JACOMINO, Dalem. Seja o seu patrão (mesmo tendo um chefe). VOÇÊ. S.A,N° 31 ANO 4. p. 20-25.

Grupo de Capoiera capacita crianças também em Universidades



“Dia a dia nega-se às crianças o direito de ser crianças. Os fatos, que zombam desse direito,
ostentam seus ensinamentos na vida cotidiana. O mundo trata os meninos ricos como se
fossem dinheiro, para que se acostumassem a atuar como o dinheiro atua. O mundo trata os
meninos pobres como se fossem lixo, para que se transformem em lixo. E os do meio, os que
não são ricos nem pobres, conserva-os atados à mesa do televisor, para que aceitem desde
cedo como destino, a vida prisioneira.”

Para enfrentar o desafio de educar pais, profissionais e instituições de ensino podem recorrer a
várias fontes. No entanto, a capoeira é uma alternativa interessante para este fim ao se
considerar que esta modalidade é oriunda da cultura popular e que carrega consigo um
exuberante acervo de informações, uma riqueza simbólica e seus movimentos de resistência
que denotam claramente a nossa conflituosa trajetória política, impregnada de abusos de
poder e dominações (FALCÃO, 1991; adaptado, p.34).
A capoeira foi criada pelos escravos africanos no período colonial brasileiro. Nos primórdios
“capoeira” era a denominação dada aos negros rebeldes que praticavam fugas e combatiam
seus repressores (ADORNO, 1999). Estes se preparavam para a fuga dentro da senzala através
de combates em forma de brincadeira ao som de tambores e músicas provenientes das várias
etnias africanas. A este respeito Adorno (1999) faz a seguinte afirmativa:
"Ao som dos atabaques permanecia vivo o culto aos orixás e outras danças das quais se
perdeu a memória, mas de onde nasceria o jogo da capoeira" (p.15).
Desde a sua origem esta modalidade modificou-se bastante. Atualmente, a capoeira pode ser
dividida em Angola e Regional. Ambas são realizadas necessariamente em uma roda formada
pelos capoeiristas integrantes. Na roda estão presentes instrumentos como berimbau,
atabaque, pandeiro e agogô. O som destes em conjunto é acompanhado de músicas e palmas
formando o ritmo que rege o jogo da capoeira. O jogo ocorre entre dois jogadores ao centro
da roda sendo o mesmo constituído de trocas de golpes, esquivas e movimentações.
Pode-se considerar que esta prática é muito bem denominada quando se utiliza o termo “jogo”
e não luta, pois a integridade física do companheiro sempre deve ser uma preocupação do
capoeirista.


Fonte:
FALCÃO, J. L. C. et al. A Capoeira Também Educa. Revista Sprint. Rio de Janeiro, v.54, p.
34-38, 1991.
FALCÃO, J. L. C. et al. O processo de escolarização da capoeira no Brasil. Revista Brasileira
de Ciências do Esporte. Florianópolis (SC), v.16/3, p. 173-182, 1995.
ADORNO, Camille. A Arte da Capoeira. Goiânia: Kelps, 1999,



Fui "NÊGA MALUCA para crianças do NACCI.Dia das Crianças Solidário


Ser voluntário é bom demais!

O Núcleo de Apoio ao Combate do Câncer Infantil é uma entidade beneficente fundada em 27 de outubro de 1994 em Salvador-Ba, com o intuito de prestar serviços de apoio ao tratamento do câncer em crianças, e até mesmo adolescentes, carentes do Estado da Bahia, principalmente do interior.

Faça parte você também...

Nosso endereço: Rua do Alvo No. 45, Saúde, Cep. 40.045-180Salvador - Bahia - BrasilTelefones: (71) 3322-4198 e (71) 3326-9313

Ou então mande um e-mail:naccivida@terra.com.br
Necessidades:
* Alimentos
* Materiais de Construção
* Materiais de Higiene Pessoal
* Materiais de Limpeza.