quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Comitê Estadual escolhe representantes do Ensino Superior


Foi realizada na tarde desta terça (19) na Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) a primeira reunião do Comitê do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos. A função dos trabalhos da tarde foi de direcionar os candidatos que concorreram às três vagas do Comitê de Ensino Superior. Os critérios utilizados pela Superintendência de Apoio e Defesa aos Direitos Humanos (SUDH) na escolha dos candidatos a líderes do Comitê foi de acordo com os serviços prestados à população de Salvador na melhoria da sua a cidadania e direitos humanos.
A reunião inicial teve como mediadora a coordenadora de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos, Márcia Misi. Os cinco eixos do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos (Educação Básica, Educação Não Formal, Educação dos Profissionais do Sistema de Justiça e Segurança, Educação e Mídia e Ensino Superior) se reunirão durante todo o mês de fevereiro para escolher os três representantes de cada grupo que irá compor o Comitê Estadual.
Estiveram presentes os gestores das instituições de Ensino Superior de Salvador (Faculdade Dois de Julho, Faculdade de Ciência e Tecnologia, Universidade Católica da Bahia e Faculdade Metropolitana de Camaçari) e representantes da sociedade civil. Ficou decidido na ocasião que dentro das três vagas disponibilizadas para o Comitê, uma seria direcionada para a instituição pública. Caso não haja concordância será definido um suplente.
“Sem o segmento público no Comitê não existe legitimidade no Plano Estadual de Educação e Direitos Humanos,” afirmou Raimundo Luiz de Andrade, coordenador do Curso de Direito da Faculdade Ruy Barbosa. Márcia Misi deixou claro também aos que estavam presente que a intenção da reunião era de viabilizar recursos de forma mais rápida e estratégica para as instituições de ensino em Salvador. Segundo Maria Augusta, representante da Faculdade de Ciência e Tecnologia (FTC) a mídia dá uma visibilidade maior aos núcleos de Ensino Público.
Finalizando o encontro, foi marcada para a próxima quarta (27), a entrega do parecer sobre os dados gerais da situação do Ensino Superior no Estado da Bahia. Nesta oportunidade, Cássia Carneiro (Faculdade Dois de Julho) e Pedro Costa (UCSAL), coordenador escolhido para o Comitê, irão formalizar um documento para última reunião dos Coordenadores dos Eixos na primeira semana de março.

Nenhum comentário: