sábado, 22 de dezembro de 2007

Comunidade do São Caetano na briga por posto de saúde familiar

A empresa contratada DMX, substituta da Castro Lopes e que possui os mesmos funcionários (?), recebeu em licitação pública realizada pela Sesab, cerca de R$ 4.453.537.04 para a realização de obras físicas e administrativas do posto de saúde do São Caetano.A assinatura do acordo foi feita em 01 de dezembro de 2006 e até agora nada foi feita em benefício da comunidade. O Estado e o Município alegam que todos os incentivos legais já foram dados. O que se vê no São Caetano é o descaso por conta do atendimento médico e a ausência do programa de saúde da família. Em reunião realizada em 09 de agosto de 2005, ficou evidente a briga entre a Prefeitura e o Estado no sentindo de assumir as responsabilidades quanto ao atendimento médico aos moradores. Dirigentes da Acbvigor, a coordenadora da comissão Drª Fernanda Sousa e a técnica Cláudia Varjão não entraram em acordo quanto as verdadeiras necessidades do atendimento ambulatorial que é fornecido no local.
No último dia 12 de novembro de 2007, a cidade de Salvador foi beneficiada com a assinatura do termo de compromisso para construção de 13 unidades do Programa de Saúde da Família (PSF). O governador Jaques Wagner lembrou que a gestão passada deixou carências muito grandes na área de saúde. “Esses 13 postos do PSF possuem quatro equipes cada um, o que significa 52 equipes a mais, num aumento de cerca de 50% em relação ao que já existe hoje”, explicou. Wagner destacou que, além dos R$ 7,3 milhões investidos agora em Salvador, o governo da Bahia está destinando mais R$ 60 milhões também para postos do PSF no interior. As unidades serão formadas por equipes multiprofissionais compostas por médicos, enfermeiros, dentistas, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde. Onze postos de saúde da família de Salvador serão recuperados. O anúncio foi feito pela Prefeitura Municipal da Cidade e o termo de cooperação técnica entre o Estado e o município conta com o apoio do Secretário Municipal do Estado, Carlos Alberto Trindade. Na capital baiana, 14 equipes (médico, enfermeiro, auxiliar e fisioterapeuta) serão sediadas em seus hospitais da rede pública e farão o acompanhamento de pacientes em suas casas. Além de reduzir o risco hospitalar, esses pacientes poderão desfrutar do convívio com seus familiares enquanto recuperam a saúde. Isso, a depender do perfil do paciente e das condições das famílias que serão analisadas caso a caso.

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Educação Digital muda vida de jovens no São Caetano


Em julho de 2005, depois de constatado o aumento da marginalidade e o consumo de drogas surgi o Projeto Agir que tem como propósito envolver os jovens em atividades profissionalizantes, sociais e culturais. A redução do número de jovens carentes de incentivo para o mercado de trabalho, também faz parte dos objetivos dos cursos de capacitação. Com a missão que vai além de desenvolver e disponibilizar cursos profissionalizantes, as atividades do Agir vem firmando como compromisso a melhoraria da qualidade de vida das pessoas dentro e fora do São Caetano. Prova disso são as ações de desenvolvimento profissional em 2007 que resultaram na parceria com a Fundação Baiana de Engenharia – FBE. Reconhecida por obter cursos de alto nível, a Fundação tem agregado em seu corpo de alunos os jovens da comunidade que já passaram pelo Agir. “Nossa área de capacitação profissional não existe apenas para administrar e desenvolver talentos, mas ,sobretudo, assegurar a qualidade financeira de vida dos alunos”, afirma Joaquim Rener que é professor e idealizador do Projeto. Os cursos, com aulas teóricas e práticas, estímulos audiovisuais como vídeos e transparências, ministrado na Associação Beneficente Vila Tiradentes, Goméia e Roma (ACBVIGOR), e beneficia os moradores dos bairros que atua. Atendendo crianças, jovens e adultos, o Agir funciona com quatro turmas por mês, duas vezes na semana e duas horas por dia. Jovens formados ou cursando o ensino médio, podem participar das atividades, desde que sejam associados a ACBVIGOR ou tenham indicação de um colaborador. Cada aluno tem a responsabilidade sobre o material disponibilizado nas aulas e o resultado desta dedicação são os números de pessoas que participam ou já concluíram o curso, sendo colocadas no mercado de trabalho. Marineide dos Santos Lima, 40 anos, agente voluntária de limpeza e moradora da Vila Tiradentes, diz que se não fosse o curso de informática, a vida dela ainda seria de coletas semanais de lixo. “Hoje já me comunico com outras comunidades que fazem coleta voluntária e tenho a esperança de montar uma cooperativa”.

Conab e Acbvigor distribuem feijão para famílias no São Caetano


É inquestionável a importância do feijão na alimentação do povo brasileiro. Apostando na mudança de vida de comunidades carentes, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é a empresa oficial do Governo Federal encarregada de promover e administrar as políticas agrícolas e de abastecimento, visando assegurar o atendimento das necessidades básicas da sociedade. Com a intenção de combater o desperdício na safra de feijão em 2007, a Conab disponibilizou para a Comunidade do São Caetano cerca de quatro toneladas de feijão para abastecer cerca de 630 famílias.O cadastramento das famílias foi feito em agosto deste ano e teve como critério a carência em na sua renda mensal para adquirir produtos da cesta básica. A liberação do feijão foi dada pela Conab agora em dezembro e será distribuída pela Associação Beneficente de Vila Tiradentes, Goméia e Roma (Acbvigor) .
A falta de estudos mais profundos sobre o feijão, tem provocado algumas incertezas quanto ao futuro da produção e consumo desse alimento. No Brasil, o feijão é cultivado de Norte a Sul, em diferentes épocas e variados climas. É cultura de subsistência, mas também ocupa posição de destaque como agricultura empresarial de alta produtividade e rendimento econômico.É bem verdade que a satisfação das necessidades nutricionais é condição indispensável para a sobrevivência de seres humanos. Entretanto, os significados da alimentação para as sociedades não podem ser compreendidos apenas a partir de indicadores nutricionais. Na alimentação humana se materializa a estrutura da sociedade, se atualizam a interação social e sócio-ambiental, as representações socioculturais (crenças, normas, valores) que dão significado à ação social.


Comércio de São Caetano pode ajudar a comunidade


Porque sempre diante das dificuldades o primeiro elemento afetado é o homem? Como fazer para mudar essa situação? Como as organizações empresariais podem assumir o papel de transformação que hoje já tem, vencendo o desafio da humanização, construindo uma sociedade mais solidária? Esta é a grande e estratégica questão que se nos coloca. Empresa solidária é o nome que pode perfeitamente identificar uma organização que tenha uma visão ética e socialmente responsável. Uma empresa que seja verdadeiramente transformadora pela atitude de seus talentos.Solidariedade, não significa um pacto de migalhas ou ajuda temporária entre pessoas ou grupos, ou uma política administrativa. Solidariedade, não pode ser entendida como gratuidade. A solidariedade é a base que mantêm a humanidade unida.
São Caetano é um dos maiores subdistritos de Salvador (Bahia), localizado na área do alto do subúrbio. São Caetano domina uma grande área, sendo o mesmo o 4º maior subdistrito de Salvador com 450.000 habitantes abrangendo uma área que vai do Largo do Tanque até Campinas de Pirajá. Possui ainda a 4ª Delegacia de Polícia e o 8º Centro de Saúde e uma AR da prefeitura. Nele estão situados os colégios estaduais Luis Pinto de Carvalho, Des. Pedro Ribeiro, José Barreto, Edison Carneiro, etc. São Caetano é caminho entre a Liberdade e Pirajá tendo sido passagem para os combatentes no 2 de julho. Também era início da Estrada Velha do aeroporto. É dividido em Camurugipe, Largo da Argeral, Sussunga, Jaqueira, Gorrô, Formiga, Goméia e Centro. Além dessas áreas, São Caetano possui outros bairros; Capelinha de São Caetano e Boa Vista de São Caetano. Chegando a 135.000 habitantes. O comércio de São Caetano vem se desenvolvendo muito, com destaques para lojas de movéis e eletrodomésticos.
A empresa é o principal agente de transformação da sociedade, e vem assumindo novos papeis cada dia. Paralelamente a esta constatação, verificamos que a sociedade não tem sido bem sucedida na diminuição das desigualdades sociais e na solução de um processo crescente de exclusão não simplesmente econômico, mas das possibilidades de acesso a novas formas de trabalho, a novas formas de conhecimento, a criação de uma sociedade mais justa. Talvez um dos desafios maiores da empresas do bairro do São Caetano seja vencer a aparente contradição entre a sobrevivência e o crescimento, sem descuidar a humanização do trabalho e o resgate da dignidade da pessoa humana. Ser reconhecida como uma empresa ética e socialmente responsável seja no plano interno como na sociedade onde está inserida.
Maiores informações de como transformar o seu comércio de pequeno ou grande porte, telefone para ACBVIGOR (071) 3259-3732 ou mande um e-mail para : acbvigor@hotmail.com .Faça a publicidade da sua empresa e seja voluntária na luta contra a desigualdade da sua comunidade.

domingo, 2 de dezembro de 2007

Encontro Internacional de Palhaços oferece 15 bolsas para oficinas em Salvador


A Fundação Cultural do Estado da Bahia, através da Diretoria de Teatro e Assessoria de Artes Circenses, realiza na próxima segunda, terça e quarta seleção de 15 participantes para participar gratuitamente das oficinas que integram a programação de Anjos do Picadeiro – Encontro Internacional de Palhaços.As inscrições para as bolsas das oficinas estão abertas entre os dias 3/12 e 5/12 (segunda a quarta), das 13h às 17h, na diretoria de Teatro da Funceb (tel: 71 3103-4066 / 4032). A divulgação do resultado sai no dia 6/12.

As bolsas estão disponíveis para as seguintes oficinas:

O RISO E A CARÍCIA, com Aziz Gual (México): 01 vaga
Onde: Teatro Castro Alves – Piso A Ala B – Sala Polivalente
Quando: 10 a 12, das 10h às 13h

MANUAL E GUIA DO PALHAÇO DE RUA, com Chacovachi (Argentina): 05 vagas
Onde: SESC Pelourinho / Arena
Quando: 10 a 12, das 10h às 13h

SEMINARIO INTENSIVO DE COMEDIA FISICA, com Hilary Chaplain (EUA): 02 vagas
Onde: Teatro Castro Alves – Piso B – Sala secundária do Balé.
Quando: 10 a 12, das 10h às 13h

OFICINA DE CLOWNARIA CLÁSSICA, com Leris Colombaioni (Itália): 02 vagas
Onde: Teatro Castro Alves – Piso A – Ala A Sala da Cia de Teatro do TCA.
Quando: 10 a 12, das 10h às 13h

OFICINA COM LOCO BRUSCA, com Loco Brusca (Espanha): 05 vagas
Onde: Espaço Xisto Bahia – Sala Carlos Moraes
Quando: 10 a 12, das 10h às 13h

Música em Todos os Ouvidos


A Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), através do Projeto Novembro - Música em Todos os Ouvidos, promove entre os dias 30/11 e 2/12 o Fórum de Música, Mercado e Tecnologia. O encontro, que acontece no prédio do Instituto Cultura Brasil Alemanha (ICBA), das 9h às 18h, é mais uma oportunidade para discutir a realidade do segmento com músicos, estudantes, pesquisadores e profissionais de diversos setores ligados à proposta. Na programação, oficinas (com o máximo de 30 integrantes), palestras e realização de pocket Shows. As inscrições serão feitas no local, gratuitamente, a partir das 8h do dia 30/11.
Quanto: Grátis
Onde: Instituto Göethe (ICBA)
Avenida Sete de Setembro, 1809 - Corredor da Vitória
Tel. (71) 3337 0120